Cuidados ao fazer as unhas no salão

unhas no salão

Há mulher que prefere deixar as unhas bem aparadas e com esmaltes bem claros, também conhecidos como misturinhas. Já outras se sentem mais seguras e poderosas quando exibem cores profundas e fortes.
Seja qual for o estilo e a cor da unha, toda mulher gosta de tê-las bem cuidadas. A maioria dá um jeitinho de ir ao salão de beleza na hora do almoço, no final do expediente ou no final de semana.

Mas o importante é que as unhas estejam sempre bonitas, prontas para uma festa ou jantar de última hora. O que muita gente não percebe é que fazer as unhas no salão de beleza pode trazer alguns problemas, caso alguns cuidados não sejam tomados.

Porém, o que muitas esquecem é que algumas doenças podem ser transmitidas no momento de se fazer as unhas, principalmente no salão de beleza, afinal acabam usando o mesmo alicate, lixa, palitos e recipiente para as mãos e os pés que podem transmitir diversas infecções bacterianas.

É indicado que o alicate seja esterilizado em autoclave, isto é, esterilização a vapor, com tempo médio de aproximadamente 30 minutos. Já os recipientes, de preferência, devem ser de plástico descartável, pois por meio deles pode-se contrair doenças fúngicas (as micoses). O ideal também é que a mesma lixa e o palito não sejam usados em vários clientes.

É muito comum na hora de se fazer as unhas as pessoas optarem por retirar as cutículas. Elas, no entanto, a princípio, não devem ser retiradas, pois são elas que fazem a proteção natural das unhas, impedindo a entrada de fungos e bactérias. Às vezes, uma simples tirada de cutícula pode desencadear o que os médicos chamam de paroniquia, um processo inflamatório (inchaço e vermelhidão), onde a pele do canto das unhas fica inchada e com pus.

O ideal, portanto, é só empurrá-las para dentro. As unhas das mãos e dos pés são feitas de uma proteína rígida chamada queratina e são uma forma modificada dos cabelos. Logo, as unhas também estão suscetíveis a problemas como manchas e micoses, além de estarem sujeitas a enfraquecer e encravar.

Muitas vezes estes problemas são agravados por estarem escondidos sob o esmalte. Desta forma, sempre é hora de olhar as mãos com atenção e acabar de vez com estes inconvenientes. Alguns cuidados básicos podem garantir unhas bonitas e livres de complicações, tais como:

Cuidados ao fazer as unhas no salão

Livre-se das micoses

A micose é muito comum e todas são causadas por fungos. Geralmente o canto da unha pode ficar branco e causar o descolamento da unha. Essa mancha pode amarelar até ficar esverdeada. O tratamento é feito com medicação tópica e oral, mas é demorado. O melhor remédio é a prevenção, isto é, evitar manter os pés úmidos, além da propensão genética.

Hidratação

Assim como a pele, as unhas também necessitam de hidratação. Para garantir que elas permaneçam saudáveis e fortes é preciso deixar a preguiça de lado e dedicar alguns minutos do dia para aplicar um hidratante. Aproveite quando for hidratar as mãos e passe o produto também nas unhas. O único problema é o esmalte, que bloqueia a passagem dele. Nesses casos, o ideal é esperar a noite anterior ao dia de fazer as unhas, retirar o esmalte e aplicar o creme.

Livre-se das machas

Manchinhas brancas, unhas amareladas. Probleminhas que cismam em aparecer, muitas vezes sem motivo aparente. O uso muito contínuo de um mesmo esmalte pode fazer com que as unhas acabem se pigmentando, como acontece com os dentes em contato com café, chocolate ou refrigerantes. Mas as manchinhas brancas são, de fato, decorrentes de pequenos ressecamentos ou, até mesmo, pelas micoses.

Unhas fracas

Para dar uma força extra às unhas, todas as tentativas são válidas, mas em alguns casos não tem jeito. Quem tem tendência a ter a unha fraca vai ser assim a vida inteira. Mas cuidados como fazê-las toda semana e lixar qualquer irregularidade, ajudam. Bases fortalecedoras que contenham formol também podem ser utilizadas, mas só na pontinha da unha. Unhas fracas podem ser sintomas de várias doenças. Portanto, toda mudança deve ser avaliada. É diferente de quem sempre teve o problema. Unhas que sofrem alterações devem ser observadas por médicos.

Encravou?

Para evitar que a unha encrave, nunca deixe que cortem demais, principalmente nos cantos. Pode parecer besteira, mas uma unha encravada é capaz de criar enormes complicações. Para quem tem uma unha que cisma em crescer para baixo, prendendo na pele, existe uma técnica para acabar com o problema.

É uma pequena cirurgia que modifica a direção do crescimento da unha, podendo ser realizada no consultório, com anestesia local.

 

Leia também: Conheça os tipos de doenças de unhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar!

maillots football boutique fussball trikots outlet billige fodboldtrøjer fótboltatreyjur maillot de foot venta camisetas de futbol baratas goedkope voetbalshirts maillot foot pas cher maglie di calcio online fotbalové dresy eshop fotbollströjor med tryck stroje piłkarskie