Anemia: significado, sintomas e prevenção

Anemia

Anemia

Anemia:

A anemia é uma patologia que se caracteriza por uma diminuição anormal da concentração de hemoglobina no sangue, resultante da carência de um ou mais nutrientes essenciais.

Ela ocorre quando, seja qual for a causa, os níveis de hemoglobina no sangue são inferiores a: < 12g/dL em mulheres; < 13g/dL em homens e < 11g/dL em gestantes.

Existem grupos de risco?

Existem algumas situações mais propícias ao desenvolvimento:

  • Quantidade insuficiente de ferro na dieta, ou formas difíceis de absorver.
  • Aumento das necessidades: infância, adolescência e gestação.
  • Situações que tornem a absorção do ferro menos eficaz: gastrectomias, cirurgias bariátricas, câncer, doença celíaca.
  • Perda de sangue, fisiológica (menstruação) ou no pós-parto, ou patológica.
  • Qualquer hemorragia, seja aguda ou crônica.

Os principais sintomas:

Principais sintomas

Ela está associada à depressão, a um desempenho reduzido no trabalho e no esporte, além de comprometimento das funções cognitivas e intelectuais.

Casos em crianças, podem haver dificuldade de aprendizagem, não irem bem na escola; infecções com mais frequência e atraso de crescimento. Os adultos toleram menos os exercícios, têm menor rendimento no trabalho, podem ter palpitação, falta de ar, desânimo, às vezes simulando até um quadro de depressão. Queda de cabelos, unhas mais fracas e quebradiças também são sintomas.

Diagnóstico da anemia

O diagnóstico da anemia é feito, de forma geral, observando os indicadores laboratoriais (hematológicos).

Veja os parâmetros:

  • A dosagem da hemoglobina é o principal parâmetro.
  • Ferritina: avalia os níveis de ferro no seu depósito.
  • Índice de saturação de transferrina: quantidade de ferro que está unido à transferrina (proteína de transporte do ferro). Indica se a mobilização do ferro pelo organismo é eficiente.
  • VCM (volume corpuscular médio) indica o tamanho dos glóbulos vermelhos circulantes. Se o tamanho for pequeno, significa que há pouca hemoglobina no seu interior.
  • Ferro livre: indica os níveis de ferro livre no sangue. Pode ser útil para determinar a causa da anemia.

A investigação da anemia é tão importante quanto o tratamento da mesma, pois vale lembrar, a anemia é sempre um sinal de alerta de que alguma coisa está errada com a saúde da pessoa. Muitas vezes, o primeiro sinal de um tumor de estômago ou de intestino é a anemia. Portanto, não houver uma investigação da pessoa com anemia, pode-se perder a chance de fazer o diagnóstico de um tumor numa fase ainda potencialmente curável

Complicações possíveis

Destaca-se como possíveis problemas decorrentes da anemia:

  • No sistema nervoso central: irritabilidade, labilidade emocional, diminuição da concentração e da memória, cefaleia, ataxia (perda ou irregularidade da coordenação muscular), parestesias (sensação anormal e desagradável sobre a pele que assume diversas formas) e perturbações do sono.
  • Pele e mucosas: fragilidade das unhas e cabelos e fissuras bucais.
  • Aparelho circulatório: taquicardia e dispneia.

Anemia durante a gestação: quais são os riscos?

Anemia durante a gestação

Repercussões maternas da anemia são:

  • Comprometimento do desempenho físico e mental e instabilidade emocional;
  • Pré-eclampsia, alterações cardiovasculares;
  • Diminuição da função imunológica;
  • Alterações da função da tireoide e catecolaminas;
  • Queda de cabelos, enfraquecimento das unhas;
  • Risco de anemia no pós-parto.

Em relação ao comprometimento fetal, podem ser destacados:

  • Perdas gestacionais (abortamentos, óbito intrauterino);
  • Hipoxemia fetal, prematuridade, ruptura prematura das membranas;
  • Quadros infecciosos;
  • Restrição de crescimento fetal;
  • Anemia no primeiro ano de vida, devido às baixas reservas de ferro no recém-nascido.

Anemia na gravidez é grave? Sim. Aumenta o risco de aborto, prematuridade, da criança ter baixo peso ao nascer e, em alguns casos, até causa risco de morte tanto para a mãe quanto para a criança.

Prevenção

Prevenção

Deve-se tratar, principalmente excessivas na menstruação.

A dieta também é importante para a prevenção. Uma dieta mais rica em ferro significa maior aporte de alimentos à base de carnes, que são ricas em ferro heme, como vísceras (fígado), coração, peixe, sardinha em lata, e frango.

A vitamina C contribui para aumentar a absorção do ferro não-heme e anular o efeito dos fatores inibidores da absorção do ferro.

Mas, vale lembrar, a anemia deve ser tratada com orientação médica.

Estar atenta à saúde como um todo, cuidar da alimentação de uma forma geral e, sempre que notar sintomas, procurar ajuda médica, é o melhor caminho para evitar a anemia e qualquer outro problema de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar!

maillots football boutique fussball trikots outlet billige fodboldtrøjer fótboltatreyjur maillot de foot venta camisetas de futbol baratas goedkope voetbalshirts maillot foot pas cher maglie di calcio online fotbalové dresy eshop fotbollströjor med tryck stroje piłkarskie