Laser CO2 fracionado: prós e contras do tratamento

laser CO2

O laser CO2 é um ablasivo, ou seja, que provoca uma queimadura na pele, que ao cicatrizar, estimula a produção de colágeno e também uma retração da pele, causando esticamento e melhora das rugas finas. Porém, como seu alvo é a água, não há tanto risco que ele atinja a derme, se concentrando na epiderme (camada mais superficial da pele). Resumindo, ele remove camadas inteiras da pele, em uma profundida programada por quem o está operando.

Porém, como sua recuperação é muito lenta, afinal uma área grande de pele é lesionada, e a chance de causar manchas é muito maior, criaram a tecnologia do laser CO2 fracionado, em que o raio único é dividido em diversos microrraios, atingindo a pele mais profundamente e em regiões menores. Dessa forma, ele faz pequenas lesões, deixando microáreas de pele intactas misturadas com áreas em que o laser atuou, causando menos agressão à pele e trazendo uma recuperação muito mais rápida.

Como o laser CO2 fracionado é usado

O tratamento é necessariamente em consultório. Algumas vezes usam-se cremes anestésicos na região que será tratado trinta minutos antes, para que façam efeito até o momento da aplicação do laser. Os olhos do paciente são protegidos e a sessão começa. Trata-se a pele de forma completa, não deixando nenhuma área sem tratar.

Sessões

O número de sessões varia de acordo com os objetivos do paciente, e podem ser de duas até cinco sessões. A periodicidade também varia de acordo com a indicação, e vai de 45 dias até três meses, de acordo com a orientação do médico.

Cuidados antes do laser CO2 fracionado

Algumas vezes é necessário fazer um tratamento preventivo com seu dermatologista para herpes e bactérias sete dias antes da aplicação do laser. Antes da sessão, a pele precisa estar complete limpa e desengordurada. Também é importante que a pele não esteja bronzeada. Já o uso de ácidos e cremes é permitido até 2 dias antes do procedimento.

Cuidados após o uso do laser CO2 fracionado

É muito comum o paciente apresentar eritema (ou seja, vermelhidão) e inchaço na pele após o uso do laser CO2 fracionado. O edema pode durar até 15 dias, enquanto a cor vermelha pode durar até 45 dias. Por isso mesmo, pode-se fazer o uso de LED para melhor cicatrização e mais rápida recuperação. É comum também o uso de cremes prescritos pelo médico.

Como a pele está mais sensível, não se deve esquecer o uso do protetor solar rotineiramente, com fator mínimo de proteção 30 que deve ser reaplicado a cada 3 horas.

2 Comentários

  1. […] Leia também: Laser CO2 fracionado: prós e contras do tratamento […]

  2. […] Leia também: Laser CO2 fracionado: prós e contras do tratamento […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar!

maillots football boutique fussball trikots outlet billige fodboldtrøjer fótboltatreyjur maillot de foot venta camisetas de futbol baratas goedkope voetbalshirts maillot foot pas cher maglie di calcio online fotbalové dresy eshop fotbollströjor med tryck stroje piłkarskie