Lipoaspiração: Entenda mais sobre o tratamento

Lipoaspiração

A cirurgia de lipoaspiração consiste na aspiração de gordura através de cânulas. Ela pode ser feita em diversas partes do corpo, desde que haja gordura localizada. Pode ser classificada em pequena, média ou grande, variando de acordo com a quantidade de gordura retirada e partes do corpo abordadas. Geralmente é retirado, no máximo, 5% do peso do corporal.

Como é feita a lipoaspiração?

Primeiramente é infiltrada a solução de Klein – composta por soro fisiológico e adrenalina – para diminuir as chances de sangramento e, consequentemente, de trauma cirúrgico. As cânulas são introduzidas através da pele e chegam ao tecido adiposo (camada que vem logo após a pele), de onde aspiram – através de um sistema de vácuo – a gordura localizada. Os pontos em que são inseridas as cânulas variam de acordo com a anatomia do paciente e a técnica usada pelo cirurgião.

Pode ser feita com anestesia geral, peridural ou local, dependendo da quantidade de regiões abordadas. Caso a anestesia seja geral, há a necessidade de intubação orotraqueal e uso de aparelhos que ajudam a respiração. Em geral, as cicatrizes de lipoaspiração medem cerca de meio centímetro, mas podem ficar quase imperceptíveis com o tempo, e não causam incômodo.

Quem é o profissional apto a realizar a lipoaspiração?

O mais indicado é que a lipoaspiração seja realizada com um cirurgião plástico, profissional treinado a fazer este procedimento.

Indicação para a lipoaspiração

Os candidatos a esta cirurgia plástica são pacientes com gordura localizada e que dificilmente responde com exercícios, dietas ou exercícios. Ela não é considerada um tratamento para obesidade, tampouco para emagrecimento. Seu objetivo é a modelagem corporal e não a eliminação de peso.

Partes do corpo que podem ser submetidas à lipoaspiração

A lipoaspiração pode ser feita em qualquer parte do corpo em que haja gordura localizada. Abdômen, região dorsal, coxas, lateral das mamas, braços, submento (papada) são regiões comumente submetidas a esta cirurgia.

Contraindicações

Pessoas que possuem muitas doenças – como hipertensão, diabetes e obesidade – tem o risco cirúrgico aumentado. Por isso, devem conversar com seu médico sobre a real necessidade de uma cirurgia estética.

Riscos da lipoaspiração

Na cirurgia de lipoaspiração há as complicações comuns a qualquer cirurgia, como sangramento, infecção, trombose venosa, tromboembolismo pulmonar e óbito. Os riscos específicos são: depressão da região, alterações na pele – como flacidez e rugosidade -, alteração de coloração e até necrose da pele, além, claro, da insatisfação com os resultados.

Leia também: Conheça 4 tratamentos para perder o culote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar!

maillots football boutique fussball trikots outlet billige fodboldtrøjer fótboltatreyjur maillot de foot venta camisetas de futbol baratas goedkope voetbalshirts maillot foot pas cher maglie di calcio online fotbalové dresy eshop fotbollströjor med tryck stroje piłkarskie