Luz Intensa Pulsada: Conheça os tratamentos

luz pulsada

A Luz Intensa Pulsada (LIP) é uma tecnologia que emite luz com diferentes comprimentos de ondas, atingindo, assim, vários tipos de alvo como a melanina (dos pelos, sardas e manchas escuras) , os vasos sanguíneos (microvazinhos da face, pescoço e colo) e o colágeno. Portanto pode ser utilizada para vários tratamentos. A luz emitida na pele gera calor, atinge a cor vermelha dos vazinhos e a cor escura da melanina dos pelos e manchas, eliminando-os posteriormente, estimula e remodela o colágeno mantendo a superfície da pele intacta.

Quais são as condições que se beneficiam com o tratamento da Luz Intensa Pulsada?

  • Depilação: Decorrente da destruição do folículo piloso pois a melanina do pelo é o alvo, apresenta boa eficácia comparada ao laser e é menos doloroso. Não serve, portanto, para pelos brancos, pois estes não possuem melanina.
  • Tatuagens: os pigmentos escuros são os alvos e estes são fragmentados para depois serem eliminados pelo organismo.
  • Melasma
  • Sardas
  • Melanose Solar: manchas escuras arredondadas na face, antebraço e dorso das mãos.
  • Pequenos vasos sanguíneos na face
  • Rosácea: apresenta-se como uma vermelhidão na face que na verdade é uma trama de vários vasos sanguíneos. A LIP não cura a rosácea, pois essa é uma doença crônica e deve ser tratada continuamente com Dermatologista, mas ameniza a vermelhidão.
  • Poiquilodermia: ocorre devido a exposição solar com envelhecimento da pele, localiza-se no pescoço e colo e apresenta-se como uma trama de vasos sanguíneos, vermelhidão, hiperpigmentação e atrofia da pele. A LIP tem ação sobre os componentes da poiquilodermia, conseguindo obter uma melhora acentuada do problema.
  • Flacidez
  • Rugas finas
  • Fotoenvelhecimento

Número de sessões de Luz Pulsada

O número de sessões varia de um paciente a outro e também de qual condição a ser tratada. O Dermatologista que vai determinar o número de sessões e o tempo de tratamento. O intervalo entre as sessões é de quatro semanas. Os resultados vão aparecendo progressivamente a cada aplicação e variam bastante de pessoa para pessoa.

Tanto o laser quanto a LIP é um procedimento que dever ser realizado por um médico, pois apesar de ser um tratamento seguro e não apresentar riscos pode ocorrer lesões superficiais na pele, formação de bolhas e até pequenas feridas que deveram ser tratadas pelo médico e que não costumam deixar qualquer alteração na pele ou causar prejuízos ao paciente.

O médico fará uma avaliação para determinar se não há nenhuma contraindicação ao procedimento.
O médico deverá ser informado sobre o uso continuo ou recente de medicações tais como Isotretinoina, anti-inflamatórios, anticoagulantes, antibióticos e etc, pois devera analisar cada caso e as medidas a serem tomadas.

Doenças como herpes simples, vitiligo, doenças de coagulação sanguínea, doenças auto-imune (exemplo Lúpus), infecções, amamentação, devem ser relatadas ao médico. Gravidez e pele bronzeada são contraindicações absolutas.

Leia também: Laser CO2 fracionado: prós e contras do tratamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar!

maillots football boutique fussball trikots outlet billige fodboldtrøjer fótboltatreyjur maillot de foot venta camisetas de futbol baratas goedkope voetbalshirts maillot foot pas cher maglie di calcio online fotbalové dresy eshop fotbollströjor med tryck stroje piłkarskie