Musicoterapia para uma vida mais feliz

musicoterapia

“A música está na Terra desde que o homem está na Terra”. A frase, de autor desconhecido, faz referência ao fato de que os registros desse tipo de arte estão presentes mesmo nas escavações de sítios arqueológicos pré-históricos. O primeiro registro de uma flauta feita de osso data de 60 mil a.C., enquanto os primeiros sinais de harpas e liras na região da Mesopotâmia.

A música é a combinação entre sons e silêncio e, aparentemente, suas propriedades como instrumento de celebração e mesmo relaxamento já eram conhecidas mesmo antes do desenvolvimento da linguagem falada. A manipulação de algumas das propriedades do som, tais como duração, altura, intensidade e timbre, resulta em composições de diferentes ritmos, melodias ou harmonias.

A música e sua capacidade de cura

A musicoterapia é um tipo de tratamento que utiliza a música – através de diferentes ritmos, harmonias e melodias – para solucionar ou amenizar problemas de ordem cognitiva, emocional, mental ou mesmo física.

Esse tipo de tratamento teve início com o fim da Segunda Guerra Mundial, quando músicos amadores e profissionais saíam de suas casas para tocar nos hospitais, principalmente na Europa e nos Estados Unidos. A partir dessa mobilização, médicos e enfermeiras passaram a observar uma melhoria significativa no quadro de saúde e bem-estar dos pacientes internados nesses lugares. Isso motivou o Dr. Oliver Sachs, médico e escritor inglês, a iniciar em meados da década de 1960 uma série de pesquisas acerca da capacidade curativa da música em pacientes portadores da doença de Parkinson.

Como utilizar a musicoterapia a seu favor

A musicoterapia pode ser aplicada ao cotidiano, de modo a integrar-se perfeitamente às atividades desenvolvidas ao longo do dia.

Comece seu “tratamento” já ao acordar, bocejando de modo a emitir sons, o que ajuda a liberar serotonina e endorfina.

Preste atenção aos sons naturais que te cercam. Tente ouvir o canto dos pássaros e o barulho da chuva, por exemplo. Mesmo nas grandes cidades é possível distinguir esse tipo de som em meio ao caos.

Cante. Seja no banho, dentro do carro ou ao realizar uma tarefa doméstica. A máxima de que “quem canta seus males espanta” é totalmente verdadeira. Cientificamente, cantar aumenta a irrigação cerebral, auxilia na respiração e te prepara emocionalmente para enfrentar situações de tensão e ansiedade.

Evite sons irritantes como a buzina, que interferem abruptamente no conforto humano porque são dissonantes. Esse tipo de ruído pode causar irritação.

Na hora de dormir, procure ir diminuindo gradativamente o volume dos ruídos ao seu redor – inclusive a fala. Ao mesmo tempo, diminua também o ritmo de seus movimentos. Nesse momento, uma música ambiente com barulho de água, em baixo volume, pode ajudar a relaxar.

Aproveite o que a música tem de bom e conquiste uma vida mais feliz.

 

Leia também: 12 coisas que você deveria fazer todos os dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar!

maillots football boutique fussball trikots outlet billige fodboldtrøjer fótboltatreyjur maillot de foot venta camisetas de futbol baratas goedkope voetbalshirts maillot foot pas cher maglie di calcio online fotbalové dresy eshop fotbollströjor med tryck stroje piłkarskie