Subcisão: entenda como é feita essa cirurgia

Subcisão

A Subcisão é uma técnica cirúrgica feita em consultório e utilizada para corrigir alterações do relevo da pele, como cicatrizes de acne, rugas localizadas profundas, celulite de grau avançado e cicatrizes deprimidas, ou seja, que formam uma depressão na pele. Ela faz isso rompendo os septos fibrosos, divisões fibrosas entre os compartimentos de gordura, que puxam a superfície da pele para baixo.A técnica foi descrita em 1995 como uma alternativa cirúrgica para a correção de rugas e cicatrizes deprimidas da face. Posteriomente, em 1997, começou-se a tratar celulite de grau avançado e sequelas de lipoaspiração.

Indicações da subcisão

A subcisão está indicada no tratamento de sulcos da face, rugas, celulite e outras alterações do relevo cutâneo que aparecem após a lipoaspiração, nas cicatrizes deprimidas, cicatrizes da acne, nas áreas doadoras de gordura para enxertos, em áreas pós- traumáticas ou em doenças inflamatórias subcutâneas. No entanto, tudo depende do tipo de problema. Celulites de grau leve ou moderado, por exemplo, não se beneficiarão da técnica. Da mesma forma, cicatrizes de acne são classificadas em diversos subtipos e somente alguns deles teriam indicação.

Contraindicações da subcisão

As contraindicações para este procedimento são as não indicações corretas, bem como problemas de coagulação, doenças sistêmicas descontroladas (como a diabetes), infecção local ativa, uso de remédios anticoagulantes ou fotossensibilizantes, gestantes, dentre outras.

Pré-requisitos para fazer a subcisão

O principal pré-requisito pra a subcisão é ter alterações no relevo da pele causadas por septos fibrosos. Além disso, antes do procedimento é preciso realizar uma avaliação clínica do paciente e exames laboratoriais, quedetectarão as condições que poderão comprometer a cirurgia ou a saúde do paciente. É importante a investigação de distúrbios da coagulação, história de tabagismo, fatores nutricionais, infecção ativa no local, uso de medicamentos e reações adversas ao uso destes, presença de cicatrizes atróficas e história de cicatrizes hipertróficas ou queloides. A subcisão somente é feita na pele íntegra, sem ferimentos ou infecções.

Como é feita a subcisão

É uma técnica cirúrgica, onde é introduzida uma agulha bisturizada sob a pele por meio de pequenas incisões. Elas são introduzidas e manipuladas em movimentos de vai e vem ou circulares, rompendo o tecido fibroso (muitas vezes é possível escutar o rompimento dos septos) e seccionando vasos sanguíneos, presentes junto aos septos, resultando na formação de hematomas. Esses hematomas estimulam a formação de um novo tecido conjuntivo, que vai atuar preenchendo o local tratado e redistribuindo a gordura, as forças de tração e tensão.

O uso de anestesia depende, principalmente, da dimensão do local a ser tratado. Pode-se utilizar anestesia local para pequenas regiões e peridural ou geral, para pacientes que demandem tratamento numa área mais extensa, porém, só quando é feita em ambiente hospitalar.

Leia também: Conheça oito tratamentos para eliminar as estrias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar!

maillots football boutique fussball trikots outlet billige fodboldtrøjer fótboltatreyjur maillot de foot venta camisetas de futbol baratas goedkope voetbalshirts maillot foot pas cher maglie di calcio online fotbalové dresy eshop fotbollströjor med tryck stroje piłkarskie